Review: Asustor AS1004T

 

1344998467

A Asustor é uma marca especializada em servidores NAS desde uso pessoal até empresarial de pequena e média escala. Dependendo da gama onde o produto se insere, podemos encontrar NAS de 2 até 12 baías a serem comercializados por esta marca.

O NAS que vamos analisar é um Asustor AS1004T com 4 baías de 3.5” indicado para uso caseiro.

Principais características de hardware

 

hardware

Embalagem e conteúdo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A embalagem possui uma foto do produto acompanhado das suas características mais relevantes, o conteúdo da embalagem e propaganda a serviços / aplicações da Asustor que podem ser utilizados neste NAS.

1

Tem uma alça na parte superior da embalagem para facilitar o transporte.

O NAS vem muito bem aconchegado e todos os acessórios estão dentro de uma caixa de cartão.

Como acessórios temos o transformador e o respetivo cabo de energia, o manual, o CD com o software de instalação, um cabo de rede e os parafusos dos HDDs.

16

Na parte da frente vem um plástico de proteção, visto que a superfície é espelhada e muito sujeita a riscos.

6

O NAS tem o feeling de Alumínio, com exceção da parte da frente que é de plástico.

7

Na parte da frente estão localizados os LEDs para identificar o atual estado do equipamento, o uso de rede e o acesso aos discos rígidos. Também está incluída uma porta USB 3.0 na parte da frente, e outra na parte de trás.

8

Na parte de trás tem o conector de alimentação, o botão para ligar / desligar o equipamento, a porta de rede, uma porta USB 3.0, o botão para repor os dados de fábrica e uma ventoinha de 120 mm.

11

Por baixo estão localizadas as ranhuras para entrar ar, contudo, não existe qualquer filtro para evitar a entrada de pó.

12

O acesso à zona de instalação dos discos rígidos é muito simples. Basta desapertar 4 parafusos na traseira do NAS e deslizar a caixa até sair.

13

A ventoinha é PWM e pode ser substituída, no entanto, não há necessidade pois a mesma é silenciosa.

14

Por baixo da HDD cage há uma pilha com acesso fácil para a sua troca quando chegar ao fim de vida.

15

Os discos rígidos são presos por 4 parafusos sem qualquer proteção anti vibrações. Os suportes foram desenhados para discos de 3.5” e não 2.5”, contudo, estes também são suportados. Ainda assim, recomenda-se usar um adaptador de 2.5” para 3.5” para quem quiser usar discos de menor tamanho.

Felizmente a remoção dos parafusos pode ser feita de modo tool-less, desde que não sejam apertados com muita força.

17

Instalação e configuração do ADM

 

 

Antes de efetuar qualquer configuração é necessário instalar no computador o Asustor Control Center para descobrir o IP do NAS. Uma vez descoberto o IP, a configuração pode ser feita através de um browser.

acc 1

acc 2

O ADM é o sistema operativo do NAS e na primeira configuração é necessário instalá-lo. O download pode ser feito no momento através do Asustor Live Update, ou então, para quem já tiver feito o download do firmware, pode fazer upload do mesmo.

acc 3 acc 4

A instalação do ADM é muito rápida. No final, são necessárias mais umas etapas para concluir a configuração do NAS.

acc 5

Durante a configuração é pedido que seja criada uma conta de administrador e quais os HDDs que devem ser utilizados para armazenamento. Como este NAS tem várias baías são suportados vários tipos de RAID: 0, 1, 5, 6, e 10. Para esta review não foi utilizado RAID, dado que apenas foram instalados um HDD e um SSD de capacidade muito diferentes.

No final da configuração o NAS está operacional, contudo, ainda há umas etapas pela frente, como por exemplo:

  • • Criar utilizadores para a partilha de ficheiros
  • • Criar pastas partilhadas para armazenamento de ficheiros
  • • Configurar a hibernação dos discos rígidos e sistema operativo
  • • Configurar IP estático e hostname
  • • Configurar / desativar a conta guest
  • • Agendamento de backups

Para entrar no painel de administração basta aceder ao IP do NAS seguido da porta 8000.

acc 8

Por defeito são criadas 3 pastas. A Home (neste caso é a home folder da conta de administração), a Public (pasta pública partilhada por todos os utilizadores) e a Web (pasta onde são alojados os websites, na porta 80).

acc 9

A configuração dos discos rígidos pode ser feita a partir do menu “Gestor de Armazenamento” e a criação de pastas partilhadas a partir do “Controlo de Acessos”.

discos

share hdd acessos pastas

A visualização e gestão dos ficheiros é feita no “Explorador de ficheiros”, que também possui as seguintes funcionalidades:

  • • Extração de ficheiros RAR/ZIP/… e compressão em 7z/ZIP.
  • • Montar discos virtuais (.iso) como uma pasta partilhada
  • • Modificar permissões de pastas
  • • Partilha de ficheiros através de link

shares

Opcionalmente pode ser ativado o EZ-Connect. Esta funcionalidade é útil para aceder remotamente ao painel de controlo do NAS ou aos ficheiros do mesmo, através de aplicações móveis e de desktop. Na ativação do EZ-Connect é criada uma Cloud ID associada a um username e a uma password).

ez connect

Testes de velocidade 

 

 

Foram utilizados 2 discos para os testes, um HDD Seagate de 1 TB e um SSD Intel de 160 GB.
O computador utilizado tem as seguintes características:
Xeon X3450 @ 4 Ghz
Gigabyte P55A-UD4
8 GB G.Skill CL7 @ 1600 MHz
Windows 10 Pro x64

Versão do ADM: 2.7.3.RI21
Entre o computador e o Asustor AS1004T há um switch gigabit.

Testes de leitura / escrita sequenciais (ficheiro de 1 GB)

hdd bench

Teste de descompressão (ficheiro .rar de 355 MB)

  • HDD ~ 13.61 sec
  • SSD ~ 12.42 sec

Consumo energético

 

 

O consumo foi medido diretamente da tomada elétrica com um medidor de potência da CHACON.

  • Equipamento ligado com os discos também ligados, sem qualquer uso – 11 W
  • A escrever para o HDD – 14.9 W
  • A escrever para o SSD – 14.3 W
  • A escrever para o HDD e SSD em simultâneo – 14.9 W
  • A ler do HDD – 14.4 W
  • A ler do SSD – 13.4 W
  • A ler do HDD e do SSD em simultâneo – 14.2 W
  • Equipamento com os discos e SO hibernado – 8.4 W
  • Equipamento desligado – 1.1 W

Aplicações 

 

 

Há semelhança do que acontece nas outras marcas, também a Asustor tem uma loja de aplicações que podem ser instaladas no NAS.

apps

Aquela que é talvez a mais essencial é o gestor de downloads que permite fazer downloads de ficheiros torrent e HTTP.

download 1

Além da possibilidade de instalar aplicações no NAS, a Asustor também disponibiliza algumas aplicações para dispositivos móveis e desktop. Uma aplicação muito útil é o Backup Plan que permite fazer backup em tempo real dos ficheiros de um computador.

backup plan 1

Esta aplicação desktop, além de permitir a sincronização em tempo real, também permite efetuar uma cópia de segurança uma única vez ou agendar a mesma para outra altura.

backup plan 2

Aplicações móveis 

 

 

A Asustor disponibiliza para Android e iOS algumas aplicações que permitem interagir com o NAS dentro ou fora de casa. São elas:

  • AiMaster (gestão do NAS)
  • AiData (acesso a pastas partilhadas)
  • AiRemote Control (controlo remoto do Asustor Portal)
  • AiDownload (gestor de downloads)
  • AiFoto / AiMusic / AiVideos (gestor de fotos, música e vídeos respetivamente)

Como são aplicações destinadas a uso móvel fora da rede, torna-se obrigatório ativar o serviço EZ-Connect para as utilizar.

 

ADM 3.0 Beta

 

 

Embora ainda esteja em fase beta, decidimos instalar o ADM 3.0.0.B6L3 para ver quais são as novas funcionalidades deste sistema operativo.

As mudanças são, sobretudo, a nível visual. O layout é visualmente mais apelativo, mais moderno e preparado para funcionar em ecrãs de todas as dimensões. Agora é possível modificar o tamanho das janelas abertas, agrupar ícones de aplicações em pastas, modificar temas e adicionar widgets para monitorizar o NAS em tempo real.

adm 3.0 1
Ecrã de login
adm 3.0 2
Ambiente de trabalho do NAS
Menu de Definições
Menu de Definições
Monitor de Actividade
Monitor de Actividade
Gestor de Armazenamento
Gestor de Armazenamento

Conclusão

 

 

O AS1004T é o NAS de entrada de gama da Asustor com 4 baías. Em Portugal pode ser encontrado à venda por cerca de ~ 240€.

O software está bastante otimizado para o hardware que tem. Não foi detetada qualquer lentidão durante a configuração do equipamento. A interface gráfica é intuitiva e segue as linhas das marcas concorrentes. Tem software de desktop disponível para Windows / MAC e software para dispositivos móveis Android e iOS.

A velocidade de transferência de ficheiros não podia ser melhor, pois está próxima da velocidade máxima do protocolo gigabit.

Em suma, é um bom NAS para quem necessita de 3 a 4 baías de armazenamento a um preço simpático para as funcionalidades que trás.

Pontos positivos
– Fácil de configurar
– Interface rápida e intuitiva
– Rápidas velocidades de transferência de ficheiros
– Vasto leque de aplicações para o NAS + aplicações móveis
– 4 baías de 3.5”
– Montagem tool-less
– Possibilidade de desligar os LEDs ou diminuir o seu brilho

Pontos menos positivos
– A superfície brilhante da parte frontal pode riscar e atrair pó
– Não tem filtros para a entrada de ar, o que pode levar à acumulação de pó no interior
– Não permite que discos de 2.5” fiquem presos por parafusos
– Não tem borrachas anti vibração

 

 

 

Comentários

Avaliação:
Qualidade de construção:
8
Design:
7
Funcionalidades:
8.5
Perfomance:
8.5
Facilidade de uso:
9
Preço:
8
COMPARTILHE
fakemeta
O Guilherme é natural de Braga mas desde pequeno que vive em Amarante. Atualmente trabalha no Porto ligado à área da saúde. A paixão pela área da informática e video-jogos começou cedo, por volta dos 6 anos de idade. Montou pela primeira vez um computador aos 18 anos e desde então tem feito upgrades regularmente ao seu setup. O Guilherme é parte integrante da equipa JotaReviews.