Review: Enermax Liqmax II 240

Clica para discutir no Forum JotaReviews

capasite (Custom)

Olá mais uma vez a todos os leitores do Jotareviews!

Uma das grandes questões que são sempre colocadas na montagem de um PC é, refrigeração a ar ou líquido. Depois de vários testes a coolers a ar, desta vez o Jotareviews vai-se debruçar sobre um sistema de refrigeração líquido fechado (vulgo AIO), o Enermax Liqmax II 240.

Compra já o teu Enermax Liqmax II 240!

Sobre a marca:

A Enermax Technology Corporation foi fundada em 1990, com o foco na área de fontes de alimentação. Hoje em dia fornece além dessa linha, chassis, coolers, ventoinhas e teclados. Vários dos seus produtos são reconhecidos em todo o mundo como de primeira categoria.

Sobre o produto:

O produto em análise hoje, o Liqmax II, é um AIO disponível com radiador de 120mm ou 240mm. A nossa análise recairá sobre o modelo 240, com um MSRP de €89, significativamente menos que o topo de gama da marca, o Liqtech 240, que tem um MSRP de €119.

Com uma bomba de rolamentos de cerâmica que atinge as 2700 e ventoinhas com boas especificações, espera-se uma boa performance, aliás, a Enermax indica que o Liqmax II 240 consegue atender um TDP de mais de 350w. Os demais dados encontram-se abaixo e prometem um produto de alto rendimento.

Screenshot_25

 

Embalagem e conteúdo:

IMG_0804

A Enermax envia o seu produto numa embalagem de cartão reforçado, com uma espuma de alta densidade no topo. Na embalagem são informados todos os pontos fortes do cooler, desde compatibilidade com sockets, TDP, e conteúdo da embalagem.

IMG_0806A nível de componentes, a Enermax disponibiliza um conjunto de montagem para todos os sockets descritos nas especificações, duas ventoinhas double batwing (com cantos de borracha para eliminar vibração, e um controlador de velocidade embutido), um conector Y PWM para ligar ambas as ventoinhas na board, e um adaptador molex caso se pretenda ligar as ventoinhas directamente à fonte de alimentação.

IMG_0809

É também disponibilizado junto do AIO um manual sucinto de instalação e informações adicionais.

Sobre o AIO e montagem:

IMG_0810

O Liqmax II 240 tem uma aparência bastante sóbria, os componentes (conjunto bloco bomba, tubos e radiador) ligam muito bem entre si. É esteticamente muito agradável. Os contornos e logotipo enermax são iluminados via led branco. A nível de robustez, o conjunto bloco/bomba tem um dimensional muito bem conseguido, com todos os subcomponentes plásticos e metálicos a encaixarem muito bem entre si.

IMG_0817

Detalhe para os tubos de 300mm, que são muito espessos e pouco flexíveis, provavelmente em virtude da opção de nylon para fabrico da tubulação. Se por um lado torna os tubos mais rígidos, por outro confere maior resistência térmica aos mesmos, e estamos a falar de um produto que promete conseguir dissipar mais de 350W de energia térmica.

IMG_0816

A superfície do bloco de cobre é bem trabalhada, não apresentando irregularidades. A Enermax utiliza um layout patenteado no seu bloco, denominado de “Shunt-Channel”, que muito resumidamente consiste numa área usinada ao meio do bloco em que os canais de água se interligam, permitindo assim eliminar a parede térmica criada na frente de cada canal de líquido, e por sua vez alcançar uma maior capacidade de dissipação (de até 30%).

As ventoinhas, possuem boa construção, acabamento nos cantos em borracha, e um controlador de velocidade de 3 níveis, sendo o primeiro de 500-1200rpm, o segundo aumentando para 1600rpm, e o terceiro atingindo o máximo de 2000rpm. Um ponto muito bem pensado por parte da Enermax, é a colocação deste controlador no lado oposto do cabo conector, pois permitirá ficar com o controlador do lado que se encontra virado para lá da motherboard, e arrumar convenientemente os cabos, uma vez que estarão do lado da motherboard.

IMG_0826

O radiador em alumínio é bem trabalhado, mas não muito espesso, o que poderá ajudar na colocação dentro de um chassis, mas talvez prejudique em termos de performance por conta de menor área de contacto. O logo da Enermax na lateral é um detalhe interessante.

IMG_0819

A montagem no nosso sistema foi extremamente simples, em virtude de se tratar de um socket 2011-3, que não necessita da colocação de backplate. Foi simplesmente questão de aparafusar os espaçadores para 2011.

IMG_0823

Acoplar o bloco e inserir os parafusos com molas que fixam o bloco.

IMG_0825

E por fim terminar de aparafusar o radiador no topo do chassis junto com as ventoinhas.

IMG_0831

A nível de estética, o Liqmax II adapta-se na perfeição a praticamente qualquer tipo de sistema. A equipa Jotareviews ficou unanimemente satisfeita com o resultado final.

IMG_0836-2

Sistema de teste e metodologia:

O sistema utilizado para teste do Liqmax II 240 é composto por:

Chassis Corsair 540 Air (equipado com ventoinhas Bequiet! Pure Wings 2 de 140mm)
Intel i7 5930k
G.Skill Ripjaws 4 – 32gb DDR4 @ 2800Mhz
SSD Samsung 850 Evo 500Gb
Zotac GTX 1080 Amp! Extreme
Coolermaster V1200 Platinum

Os testes foram realizados em duas definições. Primeiramente os testes foram corridos com o CPU @ 3.87Ghz, velocidade por defeito em função do perfil XMP. A segunda rodada de testes foi realizada com o CPU @ 4.6Ghz e uma voltagem manual de 1.39v, criando uma carga térmica intensa. Foi realizado o comparativo deste Enermax com o melhor cooler a ar que já testámos aqui no Jotareviews, o fabuloso Noctua D15S. Testámos ainda as ventoinhas no nível mais baixo de RPMs permitido pelo controlador, de modo a comparar o AIO em modo “silencioso” com um cooler a AR que é reconhecido precisamente pelo silêncio.

O teste de estabilidade existente no software Aida64 Extreme foi mantido por 15 minutos.

Foram realizados dois loops seguidos do teste Cinebench R15 ao CPU, tendo sido medida a maior temperatura atingida.

Para simulação gaming, corremos um loop do benchmark existente no Far Cry Primal, com todos os detalhes ao máximo, numa resolução de 1440p.

.

 

.

Performance acústica:

Apesar de ainda não possuirmos decibelímetro para testes mais aprofundados, entendemos que o que mais importa é a percepção do usuário, e fazemo-nos valer da nossa percepção para vos transmitir da melhor forma possível a experiência acústica que temos dos produtos que testamos.

IMG_0828-2

No caso do Liqmax II 240, é notório que a Enermax cortou nos gastos relativamente às ventoinhas disponibilizadas. Não são más ventoinhas de modo algum, inclusive já indicámos anteriormente na review alguns dos pontos fortes das mesmas. Porém, se compararmos ao Liqtech, o topo de gama da Enermax, o mesmo está equipado com ventoinhas Twister Pressure capazes de debitar 7.4mm H20 de pressão estática @ 30DbA de ruído. Já no caso do Liqmax II, as ventoinhas atingem 3.0mm H20 @ 35DbA, pelo que o desempenho é muito inferior apesar de um ruído consideravelmente mais alto. As ventoinhas cumprem bem o propósito, e atendem também em modo de RPMs reduzido, porém, tendo em conta o produto como um todo, poderiam ter uma qualidade mais elevada, não tanto a pressão estática, pois o radiador não é muito espesso, mas sim no que toca a ruído, já que ao máximo de sua rotação, tornam-se ruidosas e incomodam.

Um ponto importante é a bomba, que é quase imperceptível. Foi necessário que o PC estivesse em idle, para nos conseguirmos focar no funcionamento da mesma. O ruído está lá, mas é precisa atenção para o distinguirmos. Lembrando ainda que o resto do PC de teste é muito silencioso, pelo que fica mais fácil identificar qualquer tipo de ruído presente. Em outros setups é bem provável que o usuário nem se dê conta do trabalhar da bomba.

 Gold

Comentários

Avaliação:
Design
9.5
Qualidade de Construção
9
Acessórios/Características
9
Performance/Ruído
8.5
Custo/Benefício
9
Compatibilidade
10
COMPARTILHE
Filipe Martins
Oriundo de Olhão, mas tendo vivido a maior parte da sua vida em Leiria, Filipe Martins está ligado ao ramo da informática desde o início da sua carreira profissional. Hoje radicado em Minas Gerais, Brasil, mantém-se ligado ao mundo da tecnologia através das suas participações em fóruns da especialidade tanto portugueses como brasileiros, sendo conhecido pelo nickname SleepyFilipy. Integrou-se na equipa JotaReviews em Junho de 2016.