Review: MSI GeForce GTX 1050 Ti GAMING X 4G

capa

Introdução

A vontade de jogar títulos recentes muitas vezes esbarra num problema crónico, falta de desempenho da placa gráfica que se tem no momento, e orçamento curto para a substituir. Os fabricantes de GPUs, cientes desta situação, e conscientes que o mercado de baixa e média gama compõem a maior fatia do mercado, têm a cada geração se empenhado mais por fornecer alternativas competitivas neste segmento. Desta vez viramos a atenção para um desses modelos.

A GeForce GTX 1050Ti trata-se de uma placa gráfica da arquitetura Pascal de 14nm e que vem competir diretamente com a Radeon RX 470 da AMD.

O modelo que iremos testar nesta review é o Gaming X que a MSI Portugal nos disponibilizou e desde já deixamos o nosso agradecimento. A MSI GeForce GTX 1050 Ti GAMING X 4G tem um custo a rondar os 185€ e será que tem performance suficiente para se bater de frente com uma RX 470 ou até ficar próxima de uma GTX 1060 ? Vamos conferir na análise.

.

Embalagem e Conteudo

Não há muito a dizer sobre a embalagem desta placa gráfica, trata-se de uma caixa de cartão bastante grosso e resistente, tendo o vermelho como cor predominante. O logo da MSI e a designação “Gaming X” estão bem presentes, sendo que o maior destaque vai para a imagem da placa gráfica e para o seu modelo “GeForce GTX 1050Ti 4G”, tal como se verificou nas RX480 Gaming X e  GeForce GTX 1070 8G que aqui analisamos, a grande diferença está nas dimensões da embalagem, sendo a caixa da GTX 1050Ti mais pequena, pois como vamos poder ver a placa é bem mais pequena que as que já aqui testamos com da série Gaming X.

Em ambas as laterais está presente o logótipo da MSI e o modelo da placa, sendo que as diferenças é apenas que numa das laterais se encontra o autocolante com o SN, EAN, UPC, etc e na outra lateral a memória da placa, suporte ao DX12 e ao VR Ready.

Na parte de trás da embalagem a MSI fez questão de mostrar o que podemos ganhar em adquirir este modelo em prol de um modelo da concorrência, mostrando várias imagens do design da placa gráfica, principais características, features, Gaming App, entre outras coisas que estão visíveis nas imagens a baixo.

Abrindo a embalagem o conteúdo que encontramos é o normal nas placas da MSI, apenas CD de drivers, manuais e a respectiva placa muito bem acondicionada.

.

Em Detalhe

A GeForce GTX 1050Ti 4G utiliza o famoso cooler Twin Frozr Vi da MSI, sendo que toda a placa tem os tons de vermelho e preto, cores que que apontam logo para um produto “Gaming”, além disto ainda se encontra na placa um led que fica a iluminar o dragão da MSI e as próprias letras, o led é RGB e pode ser configurado pelo software “MSI Gaming App“, algo que se destaca claramente em qualquer configuração, dando aquele toque que marca sempre a diferença.

A placa é composta por duas ventoinhas de 85mm e que dão uso à tecnologia TORX 2.0 para permitir que o cooler alcance melhores níveis de dissipação, conseguindo gerar 22% mais pressão de ar. Graças à tecnologia ZERO FROZR-STAY UNDETECTED as ventoinhas apenas trabalham quando a temperatura da placa atinge os 60ºC, sendo que a baixo dos 60ºC as ventoinhas estão completamente paradas e por consequência a placa é inaudível.

Ao contrário da GTX 1060, esta placa não inclui um Backplate, o PCB da mesma está completamente descoberto.

A placa é alimentada por um conector de 6 pinos, pois o seu TDP é de apenas 75W, alguns modelos nem alimentação extra vão precisar, sendo alimentadas apenas pelo PCIe.

Este modelo inclui 3 entradas para Display, sendo elas: 1 x DisplayPort (v. 1.4), 1x DVI-D e 1 x HDMI (HDMI 2.0b).

.

Continua na página seguinte.

1
2
3
4
5
Avaliação:
Design
8.5
Qualidade de Construção
8
Ruido/Temperaturas
10
Performance
8
Custo/Benefício
8
COMPARTILHE
João Teixeira
João Teixeira é da cidade do Porto e começou cedo a envolver-se com o mundo da informática e desde então nunca mais a largou. No universo da internet é conhecido como jotinha17, nickname que já o acompanha há vários anos de vários foruns de tecnologia. Fundou o JotaReviews em 2015 no Blogger, passando para o Sapo e acabando no site atual. O João é um dos administradores da equipa JotaReviews.