Review: Nox Krom Khensu

capaArtigo

Introdução

Periféricos são dos itens mais difíceis de escolher. Tratam-se de algo muito pessoal, cuja aparência, ergonomia, e desempenho necessitam agradar ao máximo de público alvo, sem ainda assim serem considerados genéricos. As marcas de periféricos não olham a esforços para lançar produtos que tenham aparência exclusiva, mas que ao mesmo tempo consigam agradar ao máximo de utilizadores possível.

O problema da exclusividade de algumas marcas são os preços elevados, e muitas vezes disparatados, que alguns periféricos atingem, sem que o produto realmente justifique através de suas características tal valor. Outras marcas optam por tentar lançar produtos com preços altamente competitivos, visando o maior custo benefício possível. Hoje iremos testar um produto que parece dirigido a esse tipo de estratégia.

A Krom é uma marca sediada em Espanha, e fundada pela Nox Xtreme. A Krom fabrica todo o tipo de periféricos gaming, como teclados, ratos, headsets, tapetes, etc. A NOX tem uma forte aposta no mercado nacional, sendo que os seus periféricos são muito fáceis de encontrar em qualquer loja, sempre a preços muito competitivos.

Hoje vamos testar o Gamepad Krom Khensu que tem um custo a rondar os 27€, tratando-se de um comando Wireless com suporte para Windows e PS3.

Queremos desde já agradecer à NOX Krom por nos ter disponibilizado este exemplar para análise.

.

Embalagem e Conteúdo

A embalagem do Krom Khensu é algo bastante simples, feita de cartão fino e de curtas dimensões, tendo apenas 15,5 x 11 x 7 cm.

Olhando ao redor da embalagem é fácil de encontrar toda a informação necessária sobre o produto, sendo que na sua zona frontal apresenta uma imagem ilustrativa do produto e o respetivo nome “Khensu”.

Já nas suas laterais encontram-se algumas das especificações onde este comando se destaca, sendo elas: Ligação Wireless, compatibilidade com Windows e PS3, e o modo Turbo.

Na parte de trás da caixa é apresentado um diagrama legendado a indicar a função de cada botão presente no Krom Khensu.

Abrindo a embalagem encontramos uma segunda caixa com os tons da marca Krom, sendo uma embalagem feita de um cartão mais resistente.

O conteúdo que se encontra é o respetivo comando, cabo de carregamento com 1 Metro de comprimento e ainda o recetor, além disto encontra-se também o manual de utilizador.

.

Em Detalhe

A primeira impressão de quando se vê ou pega no Krom Khensu é de como se trata-se de um comando da Xbox 360 mas com algumas diferenças, sendo que a principal diferença está nas suas laterais que são compostas por borracha pretendendo que se tenha uma melhor aderência à palma da mão. A outra é no seu esquema de cores.

A composição das teclas é igual ao comando da Xbox 360 e as suas dimensões parecem muito idênticas, sendo o Krom Khensu ligeiramente menor e mais leve.

Falando na sua qualidade de construção, se analisarmos o comando com um olhar mais atento são perceptíveis algumas falhas nos plásticos e borracha, contudo temos de ter em conta o valor que este comando tem que é de apenas 26,90€, no geral é um produto bem construído e com plásticos de qualidade satisfatória, não estando ao nível do comando da Xbox 360 que tem um valor mais elevado.

.

Especificações

A B +
1 Modelo Khensu
2 Bateria Polímero de lítio (600mAh)
3 Autonomia Bateria Até 10 horas (dependendo do tipo de uso)
4Tensão37V
5Gama de Frequência2409 - 2.479 GHz
6Distância de FuncionamentoAté 10 metros em espaço aberto
7ConexãoWireless e USB
8Comprimento do Cabo1 Metro
9Dimensões do Produto1457 x 103 x 63 mm
10Peso do Produto240 gr
11CompatibilidadeWindows XP / Vista / 7 / 8 / 10 e consolas PS3
12Preço27€
+

.

Utilização

Em relação à utilização do Khensu não há muito a dizer, trata-se de um comando Wireless que é rapidamente detetado no PC como se trata-se de um comando da Xbox 360.
Testamos alguns títulos conhecidos como Fifa 16, Battlefield 1, Need for Speed, Rocket League, DOOM e Forza Horizon 3, em todos eles o comando foi reconhecido e não foi necessário qualquer tipo de configuração para que o mesmo fica-se a funcionar, no geral tem uma boa ergonomia, tirando os analógicos que poderiam apresentar mais alguma textura para um melhor controlo dos mesmos.

Sobre a sua conectividade é como já foi dito, o comando conecta-se muito rápido ao dispositivo, contudo não tivemos como testar a distância máxima que ele é reconhecido, mas pelo menos a 5 metros o comando é reconhecido sem qualquer problema.

A bateria tem 600mAh e segundo a própria Krom a sua autonomia pode mesmo chegar as 10 horas, sendo que quando a luz começar a piscar significa que a bateria tem de ser recarregada. O carregamento do mesmo é feito através de um cabo USB que vem incluído com o comando.

Os fatores menos positivos neste equipamento são algumas falhas na sua construção, notando-se que se tratam de plásticos de fraca qualidade e o clique dos botões fazer mais barulho que um comando original da Xbox 360, outro dos fatores negativos é o facto dos analógicos não terem qualquer tipo de textura para um melhor controlo, tal como já foi referido.

Capture

.

Aspetos Positivos

Ligação Wireless;
Compatibilidade com Windows e PS3;
Preço;
Plung and Play;
Detetado como comando Xbox 360.

Aspetos menos Positivos

Algumas imperfeições na sua construção;
Falta de aderência nos analógicos.

.

Onde comprar

Capturar

CLICA PARA COMENTAR!

Comentários

Avaliação:
Design
8
Qualidade de Construção
7
Acessórios/Características
8.5
Compatibílidade
9
Custo/Benefício
8
COMPARTILHE
João Teixeira
João Teixeira é da cidade do Porto e começou cedo a envolver-se com o mundo da informática e desde então nunca mais a largou. No universo da internet é conhecido como jotinha17, nickname que já o acompanha há vários anos de vários foruns de tecnologia. Fundou o JotaReviews em 2015 no Blogger, passando para o Sapo e acabando no site atual. O João é um dos administradores da equipa JotaReviews.